Home » Notícias » Polo Produtivo de derivados da cana

Polo Produtivo de derivados da cana

Polo Produtivo de derivados da cana-de-açúcar da região sudeste será debatido em reunião na FIETO

 

Estruturação e planejamento da produção de cachaça de alambique e derivados da cana-de-açúcar são o foco das ações que serão debatidas em reunião entre FIETO, SEDETUR e instituições parceiras do projeto na sede da Federação nesta quarta, 5/8.

Por:  Priscila Cavalcante

 

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) e a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado do Tocantins (SEDETUR) realizam na próxima quarta-feira, 5/8, a 1ª Reunião Técnica para estruturar e apoiar o desenvolvimento do Polo Produtivo de Derivados da Cana-de-Açúcar na Região Sudeste do Tocantins. O encontro reunirá representantes de instituições bancárias e empresariais, órgãos do Governo do Estado, entidades de ensino e pesquisa entre outros parceiros do projeto na sede da Federação, em Palmas, às 9 horas.

Segundo diagnóstico realizado este ano por equipe formada por técnicos do Núcleo de Apoio aos Arranjos Produtivos (NAPL), SEDETUR e FIETO, a região vai produzir 200 mil litros de cachaça artesanal nesta safra (2015) nos municípios de Novo Alegre, Combinado, Dianópolis, Taguatinga, Porto Nacional e Arraias. Também foi constatado o investimento de cerca de R$ 1,5 milhão em instalações e equipamentos que não foram utilizados e que diversos produtores operam suas agroindústrias na informalidade, o que aponta o potencial da região contrastando com a necessidade de planejamento e estruturação.

“A FIETO pretende estimular a formação de parcerias institucionais para apoiar o desenvolvimento desse segmento produtivo, colocando-o como um importante gerador de empregos, renda e riqueza para a região sudeste e para o Tocantins como um todo”, explica o gerente da Unidade de Desenvolvimento Industrial da Federação, Cosmo Fernando Lima.

São parceiros e convidados para a reunião técnica: Instituto Brasileiro da Cachaça de Alambique (IBCA), Embrapa, Conab, Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Sebrae, SEDETUR, Secretaria da Agricultura e Pecuária/TO, Agência de Fomento, Banco do Empreendedor, Ruraltins, Organização e Sindicatos das Cooperativas Brasileiras no Tocantins (OCB/TO), UFT, Unitins, Naturatins, Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, SENAI, entre outros.

 

Missão Sudeste

A reunião técnica desta quarta precede uma missão formada por técnicos da SEDETUR, FIETO e instituições bancárias que acontecerá de 6 a 9 de agosto em Taguatinga. A equipe se reunirá com os empresários das agroindústrias locais para a apresentação e planejamento de ações com objetivo de reorganizar e ativar a Cooperativa de Produtores de Cachaça Artesanal da Região Sudeste do Tocantins (COOPERCATO).

O técnico da SEDETUR, Marcondes Martins, explica que a intenção é reorganizar esses produtores e orientá-los na renegociação com as instituições bancárias para o pagamento de dívidas e obtenção de financiamentos que viabilizem o funcionamento da cooperativa.

 

Crédito foto: Fieto

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*